Arroz de Carreteiro Básico

Arroz de Carreteiro Básico

 

INGREDIENTES:

1/2 kg de charque cortado em cubos pequenos
1/2 kg de arroz agulhinha parboilizado OU 1/2 kg de arroz agulhinha tipo 1 sem lavar
2 colheres de sopa de Manteiga
1 cebola média picada
3 dentes de alho amassados e picados
3 Ramos de Cebolinha Picados
4 Ramos de Salsinha Picados
Água o suficiente
Sal a Gosto

MODO DE PREPARO

Primeiramente, corte os pedaços de charque em cubos pequenos (mais ou menos 1cm), coloque em uma panela com água e coloque para ferver, assim que ferver, deixe cozinhar por 3 minutos, tire do fogo, jogue a água fora e coloque mais água fria, volte ao fogo até ferver pela segunda vez, cozinhe por mais 3 minutos. Torne a jogar a água fora, colocar mais água fria e voltar ao fogo para verver pela terceira vez, deixando cozinhar por mais 3 minutos. Repita o processo até que a carne esteja macia e livre do sal.

Depois reserve a carne, e coloque a metade da manteiga para derreter (pode acrescentar um fio de azeite se não quiser que a manteiga fique escura), coloque a cebola e deixe murchar, coloque o alho e deixe até fritar. Neste tempero, de uma leve fritada no arroz, e acrescente a água para o cozimento do arroz.

Para saber a quantidade de água para o cozimento, basta calcular o volume de arroz, meio quilo, equivale a mais ou menos um pote de 800ml, para calcular a água, basta colocar esse volume vezes 3, ou seja 2,4 litros de água.

Assim que a água ferver, acrescente a carne reservada e deixe completar até que o arroz esteja cozido. Assim que secar o arroz e já tiver pronto, prove e ajuste o sal se necessário, acrescente o resto da manteiga e misture, acrescente a salsinha e a cebolinha e sirva.

RENDIMENTO

4 a 6 Porções

AUMENTANDO AS QUANTIDADES

Basta aumentar proporcionalmente a quantidade de ARROZ e de CHARQUE, e ajustar os temperos.

SERVINDO

Servir quente, o arroz de carreteiro é um prato típicamente brasileiro, não tendo uma origem muito específica em alguma região, o que se sabe é que ele era preparado pelos caminhoreiros (carreteiros) durante a viagem, por isso o uso do charque ou da carne seca ou da carne de sol, conforme a região onde é preparado (o charque é mais fácil de ser encontrado no sul do Brasil e na região pantaneira, já a carne seca na região sudeste centro-oeste e extremo norte, e a carne de sol é mais facilmente encontrada no norte e nordeste).

O típico de um bom arroz de carreteiro é que ele é preparado em uma única panela (devido ao uso do fogareiro na estrada, de uma boca só) e conforme a disponibilidade da região ou do bolso de quem prepara, outros temperos são e foram sendo acrescentados a essa receita original. Nas dicas, vou dar exemplo de outros temperos e carnes que podem ser inclídos.

ACOMPANHAMENTOS

Como falei anteriormente, o Arroz de Carreteiro é um prato preparado em uma única panela e servido sozinho, o que torna único, ele não precisa de acompanhamentos, pois tudo o que poderia ser acompanhado dele, foi e vai sendo acrescentado a receita basica, criando inúmeras receitas diferentes do prato.

Podemos acrescentar durante o cozimento, pimentoes verdes, amarelos e vermelhos cortados em tirinhas; tomate sem semente cortado em cubos, linguiça seca ou defumada picada, azeitonas verdes sem caroço fatiadas, pimenta dedo de moça laminada sem sementes, conhaque para flambar, bacon frito em cubos, lombinho de porco frito em cubos ou lombo dessalgado cozido junto com a carne seca.

TEMPO DE PREPARO

em média 1 hora

DICAS

Deixe a sua imaginação fluir quando prepara um arroz de carreteiro, não se prenda a uma receita, experimente acrescentar restos de churrasco, junto com a carne seca, ou então substituir a carne pela sobra do churrasco, o aroma defumado deixa o arroz uma verdadeira delicia.

O importante para um bom arroz de carreteiro é que ele seja bem cozido, fique molhadinho e feito todo em uma única panela, o resto é sua imaginação quem manda.


 


COMENTÁRIOS

Quick Find
 
Use keywords to find the product you are looking for.
Advanced Search
Suporte OnLine


Share Product
Share via E-Mail Share on Facebook
Share on Twitter